Todas as apresentações de embalagens Labcon Test O<sub>2</sub> Dissolvido

Labcon Test O2 Dissolvido

Teste de teor de oxigênio para aquários de água doce e marinhos

Novo Modo de Usar
• Gotejador de precisão
• Gotas mais uniformes
• Mesmo rendimento

Importância do teste:
O oxigênio (O2) se encontra dissolvido na água na forma de gás, e é utilizado por peixes, plantas e pelos microrganismos do filtro biológico. Concentrações reduzidas de oxigênio tornam os peixes menos resistentes às doenças, podendo ocorrer mortalidade no aquário. O funcionamento do filtro biológico, repleto de bactérias aeróbicas (aquelas que utilizam oxigênio), pode ser comprometido pela redução de oxigênio dissolvido.

De forma natural, grande parte do oxigênio dissolvido na água do aquário se origina dos organismos fotossintetizantes (algas e plantas), porém uma pequena parcela deste gás é fornecida pela atmosfera em contato com a superfície da água. Artificialmente o oxigênio é fornecido pelos oxigenadores, os quais fazem passar pela água pequenas bolhas de ar.

Temperatura, altitude e salinidade influenciam a concentração de oxigênio. Quanto mais alto o valor destes parâmetros, menor a concentração de oxigênio. Elevação de temperatura em torno de 5 °C leva a uma redução de 0,8 a 1,0 ppm na concentração de O2. Aquários com grande presença de plantas e algas apresentam intensa atividade fotossintética e respiração, o que pode promover oscilações significativas na concentração de oxigênio.

Cada organismo apresenta limites específicos de tolerância para a concentração de oxigênio. Teores acima de 4 ppm (4 mg/L) são considerados adequados para as espécies que normalmente habitam os aquários.

Labcon Test O2 Dissolvido deve ser usado regularmente para monitorar a concentração de oxigênio na água do aquário, garantindo o bem-estar dos peixes e o correto funcionamento do filtro biológico.

Modo de Usar

1. Colete a água do aquário a ser analisada, até o início do estreitamento do tubo no gargalo, conforme ilustração ao lado;
2. Com a bisnaga na posição vertical, pingue 4 gotas da solução reagente 1, tampe o tubo e misture com simples inversão;
3. Com a bisnaga na posição vertical, pingue 4 gotas da solução reagente 2, tampe o tubo e misture com simples inversão;
4. Com a bisnaga na posição vertical, pingue 4 gotas da solução reagente 3, tampe o tubo e misture com simples inversão;
5. Mantenha o tubo ao abrigo na luz por 5 minutos, depois compare a cor desenvolvida com a escala de cores, preferencialmente sob luz natural. Cada cor da escala corresponde a uma concentração de oxigênio (O2) dissolvido em ppm ou mg/L.

Observações:
- Para precisão do resultado, é fundamental a uniformidade no tamanho das gotas, por isso a importância da realização do teste com as bisnagas na posição vertical.
- Para a mistura dos reagentes com a amostra, não agite bruscamente o tubo, faça apenas um ou dois movimentos suaves de inversão.
- Após cada teste, lave imediatamente o tubo e o mantenha fechado. Caso o tubo não esteja limpo, poderá haver alteração da cor resultante no próximo teste, com consequente erro de leitura.
- Para melhor eficiência dos testes, os frascos dos reagentes devem ser mantidos sempre bem fechados.

Advertências:
Contém substâncias nocivas à saúde. Em caso de ingestão acidental procure orientação médica e leve junto esta embalagem. Em caso de contato com a pele ou mucosas, lavar imediatamente com água abundante. Casos de irritação devem ser tratados sob orientação médica.


Calcule o Volume de seu Aquário

Insira valores em cm (centímetro)


Composição

Solução Reagente 1: Sulfato manganoso, água destilada.
Solução Reagente 2: Hidróxido de sódio, iodeto de potássio, água destilada.
Solução Reagente 3: Ácido sulfúrico, água destilada.

Conforme nossa Política de Privacidade, utilizamos cookies para armazenar informações sobre como você usa nosso site, ao continuar com a navegação você concorda com estas condições.